Rio de Janeiro
27 abr a 24 jun
Brasília
04 out a 04 nov
Belo Horizonte
16 jul a 01 set
São Paulo
15 out a 15 dez
22°53’41.94” S | 43°11’31.53” O

FUTURO “PORTO MARAVILHA” ZONA PORTUÁRIA, RIO DE JANEIRO, BRASIL

A zona portuária do Rio de Janeiro, que vinha experimentando há muitos anos um forte processo de deterioração, é hoje foco do projeto da Prefeitura do Rio batizado Porto Maravilha, que prevê a revitalização da região, seguindo modelo implantado em portos de cidades como Buenos Aires e Barcelona. O olhar do fotógrafo revela o contraste entre o processo de verticalização da cidade (ao fundo), com seus prédios imponentes, e uma área bastante horizontal, feita de construções antigas na linha mais próxima ao litoral. O bairro da Gamboa, próximo à zona de armazéns do porto, passou por etapas bastante contrastantes ao longo de sua história: até o fim do século XIX era considerado um bairro nobre, frequentado pela aristocracia local. No século XX, ele entrou em um período de decadência e abandono. O plano do Porto Maravilha tem o objetivo ambicioso de transformar essa área abandonada em local de grande movimentação, com rede de comércio e atrações turísticas. Os trabalhos começam com a construção de 2.000 apartamentos, previstos para receber os árbitros e a imprensa durante os Jogos Olímpicos de 2016. Prevê-se também a construção de dois hotéis e um centro de convenções para o evento internacional.


Entre 2010 e 2027, a Copa do Mundo poderá trazer 73 bilhões de euros para a economia brasileira e o impacto dos Jogos Olímpicos deve chegar a 40 bilhões de euros.
Fonte : Estudo da FIA (USP) para o Ministério do Esporte.